fbpx

O que um Técnico em Enfermagem Faz? Tudo sobre esta profissão

Estetoscópio de um Técnico em Enfermagem com uma caneta azul

Metade de um Notebook e um estetoscópio azul de um Técnico de Enfermagem

Você possui interesse em trabalhar como técnico de enfermagem?

Sem dúvida, esse profissional desempenha uma função extremamente importante na área da saúde.

Além disso, a área de enfermagem vem ganhando, cada vez mais, notoriedade e espaço durante esses últimos anos, em decorrência do crescimento dos sistemas de saúde.

Consequentemente, também cresceu a demanda por profissionais qualificados nessa área.

Desse modo, há três segmentos diferentes para quem deseja trabalhar com enfermagem, sendo eles: técnico, auxiliar e superior.

Todavia, nesse conteúdo iremos abordar apenas o técnico em enfermagem.

Portanto, caso tenha interesse em ingressar nessa área, então continue lendo esse conteúdo para conhecer um pouco mais a respeito dessa profissão!

 

Descubra quais são as atribuições de um técnico em enfermagem!

 

Técnico de Enfermagem de jaleco/uniforme, em um quarto de hospital com fundo desf'

A profissão de técnico de enfermagem é bastante promissora dentro do mercado de trabalho.

Esta é uma das áreas que mais tem crescido ultimamente devido ao aumento da população e expansão dos sistemas de saúde, oferecendo assim, inúmeras oportunidades de emprego para os profissionais especializados.

Mas, quais são as atribuições de um técnico de enfermagem? O que esse profissional faz exatamente?

Essa é uma dúvida recorrente entre as pessoas que possuem interesse em ingressar na área da saúde, pois, é uma área bastante abrangente e que possui diversas atuações diferentes.

Indubitavelmente, o técnico em enfermagem desempenha funções completamente essenciais, incluindo, oferecer uma primeira assistência ao paciente, ajudar durante a sua recuperação, entre outros papéis importantes na área da saúde.

O técnico em enfermagem trabalha juntamente com uma equipe de enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Assim sendo, a função atribuída ao técnico é basicamente prestar alguns cuidados básicos aos pacientes e, geralmente, sob a supervisão do enfermeiro, realizar procedimentos específicos de média a alta complexidade.

Além disso, entre as suas atribuições, o técnico em enfermagem também é responsável por prestar auxílio ao enfermeiro em determinadas situações. Outras de suas funções conhecidas são:

  • Promover a saúde e bem-estar dos pacientes;
  • Administrar medicamentos;
  • Fazer curativos;
  • Prestar primeiros socorros;
  • Organizar e limpar o ambiente de trabalho;
  • Preparar pacientes para exames;
  • Desinfetar e esterilizar equipamentos cirúrgicos;
  • Verificar sinais vitais;
  • Realizar banho de leito;
  • Elaborar relatórios técnicos;
  • Coletar materiais para exames;
  • Prestar assistência a pacientes em recuperação;
  • Medir e controlar a temperatura;
  • Realizar tratamentos prescritos;
  • Entre outras funções.

 

Qual a área de atuação desse profissional?

A grande maioria das pessoas costumam pensar, erroneamente, que a área de atuação de um técnico em enfermagem restringe-se apenas à hospitais, postos de saúde, etc…

Bem, esse é um equívoco extremamente comum.

Pois a área de atuação desse profissional é bastante ampla e extensa, fornecendo assim uma variedade de oportunidades diferentes para o técnico em enfermagem.

Assim sendo, graças aos estudos abrangentes e complexos desse profissional, ele poderá ter uma maior vastidão de trabalho, atuando em diversos ambientes diferentes, como por exemplo:

  • Hospitais;
  • Clínicas;
  • Redes ambulatoriais;
  • Unidades básicas de saúde;
  • Casas de repouso;
  • Creches;
  • Spas;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Consultórios médicos;
  • Instituições de ressocialização;
  • Atendimento em domicílio.

 

Quais as diferenças entre auxiliar, técnico de enfermagem e enfermeiro?

De fato, há quem confunda o técnico em enfermagem com auxiliar de enfermagem e o próprio enfermeiro.

Mas então, quais são as principais diferenças capazes de distinguir as características dessas três profissões?

Bem, há diferenças bastante claras sobre cada uma dessas profissões, pois, além da formação exigida, cada um desempenha um papel específico e possui atribuições diferentes.

Assim sendo, o enfermeiro está acima dos três, isso porque, possui competências mais vastas e complexas, atendendo pacientes de quaisquer níveis.

O enfermeiro também é responsável por planejar todos os atendimentos, assim como, geralmente, é o encarregado de treinar e organizar o trabalho do técnico e do auxiliar.

Logo em seguida está o técnico de enfermagem, que, normalmente, atua com pacientes de média a alta complexidade.

E, por fim, está o auxiliar de enfermagem, que atua com pacientes de menor complexidade, ou seja, aqueles casos que não são considerados graves e presta assistência ao enfermeiro.

 

O que é preciso para ser um técnico em enfermagem?

Assim sendo, caso você esteja interessado em seguir carreira como técnico em enfermagem, saiba que será preciso que tenha o ensino médio completo e no mínimo 17 anos.

E, além disso, é fundamental fazer um curso de formação técnica nessa área, que pode durar, em média, dois anos.

Desse modo, o curso técnico de enfermagem do Colégio e Faculdade Marquês de Olinda é considerado ideal para quem deseja ingressar nessa área, busca por um ensino de qualidade e uma formação sólida.

Possuindo um currículo que atenda todas as necessidades do mercado de trabalho atual.

Nesse curso, o aluno aprenderá alguns conceitos básicos e essenciais de enfermagem, com aulas práticas e teóricas, ministradas por professores qualificados e com equipamentos adequados.

Após concluir o curso, então, finalmente você poderá obter o seu registro profissional através do Conselho Regional de Enfermagem (COREN) de seu estado.

 

Qual a remuneração desse profissional?

Mas, afinal, quanto ganha um profissional técnico de enfermagem?

Bem, para os técnicos em enfermagem no Brasil, não existe um salário mínimo.

Pois, o salário desse profissional poderá variar de acordo com uma série de fatores, incluindo, os sindicatos de cada estado e os órgãos empregadores.

No entanto, o salário médio inicial desse profissional pode ficar por volta de R$ 2598,00.

Mas, além disso, de acordo com uma pesquisa realizada, um técnico de enfermagem pode ganhar até R$ 4.500,00 ao longo de sua carreira dependendo também da empresa que o contratou.

 

Conclusão

Estetoscópio de um Técnico de Enfermagem sobre um papel com uma caneta azul ao lado

Em suma, a área do técnico de enfermagem é bastante abrangente, sendo capaz de oferecer uma série de possibilidades e inúmeras oportunidades de emprego.

Desse modo, por ser uma área que está constantemente em expansão, tornou-se rapidamente popular entre as pessoas que possuem interesse em atuar na área de saúde.

Além disso, o trabalho de um profissional da área, não se limita apenas à hospitais e outras unidades de saúde.

De fato, uma das vantagens dessa profissão, é que você poderá atuar em qualquer ambiente.

Logo, não perca essa chance e faça já um curso de técnico em enfermagem!

Por fim, caso ainda possua alguma dúvida ou tenha uma sugestão, não deixe de entrar em contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
Abrir Chat